Olá Bibliófilos !

Todos nós temos as nossas preferências literárias, um gênero de leitura que mais nos agrada, mas acredito que é sempre bom ler um pouquinho de tudo, até mesmo como experiência, para que possamos nos conhecer melhor enquanto leitores e saber o que gostamos ou não de ler.

Além dessa questão do gosto literário, acredito que também existe um outro fator que nos influencia quando escolhemos um livro para ler: o momento. As vezes queremos ler algo mais leve, só para relaxar e nos divertirmos, sem esperar por grandes reflexões.

Pensando nisso resolvi trazer para vocês algumas dicas de leituras leves e engraçadas para esses momentos em que só queremos rir um pouco… ou muito ! Anote as dicas, esses livros vão te fazer morrer de rir !

O Segredo de Emma Corrigan (Sophie Kinsella)

Emma Corrigan tem alguns segredinhos… Mas quem não tem? Durante uma viagem de avião bem turbulenta, Emma acredita que não sobreviverá aos solavancos, e acaba contando todos – mas todos! – os seus segredos para o homem sentado na poltrona ao lado. Quando a aeronave pousa em segurança, ela pede desculpas ao companheiro de voo pelo desabafo, pensando que nunca mais veria aquele estranho bonitão. No dia seguinte, no entanto, ela descobre que seu colega de viagem era ninguém menos que Jack Harper, um dos fundadores da Corporação Panther, empresa na qual Emma trabalha. Desesperada com a saia justa causada por sua boca grande, Emma tenta consertar as coisas, mas acaba se metendo em mais confusões.

Créditos da foto: Leia com a gente

Essa foi minha primeira leitura de Sophie Kinsella e desde então ela se tornou minha autora predileta quando o assunto é livros divertidos. As situações são hilárias e as frases de Emma vão te fazer rir até engasgar. Aliás, a leitura desse livro em locais públicos me fez passar alguns vexames, porque você não consegue controlar o riso e acaba rindo alto sem perceber, fazendo com que as pessoas ao redor te olhem como se você não estivesse batendo muito bem das ideias….

A música que mudou minha vida (Robin Benway)

A vida de Audrey Cuttler não tem sido a mesma desde que aquela música chegou ao topo das paradas. Ela só queria ir a shows, andar com seus amigos e, talvez, arrumar um encontro com o gatinho do trabalho, mas agora Audrey é… famosa! Tudo por causa da música que seu ex-namorado e vocalista de uma banda iniciante, fez sobre o rompimento dos dois , “Audrey, espere!” é a musica do momento, está no topo das paradas e é conhecida mundialmente. Audrey, além de atirada a uma fama que nunca procurou, ainda tem que se explicar a todo o momento, já que passa a ser vista como a garota malvada que partiu o coração do vocalista da banda do momento.

Créditos da foto: Leia com a gente

Esse era um livro que eu queria ler já há algum tempo, depois de ver algumas resenhas falando da história. Posso dizer que esse livro está no top 5 dos mais engraçados que já li. A trama é empolgante, permeada por referencias musicais e claro, muito, muito engraçada. Você vai se divertir com as situações pelas quais  a protagonista passa ao se ver, do dia para a noite, projetada a uma fama mundial  por ter sido a inspiração para uma música. Leia, é diversão garantida !

O amor… é cego? (Lynsay Sands)

Adrian Montfort, o conde de Mowbray, sabia que a bela e estabanada lady Clarissa Crambray podia ser perigosa. Ela era, na verdade, um desafio. Mas era exatamente o desafio que ele precisava…Clarissa sempre desejou encontrar um noivo, mas sua madrasta queria mais ainda que a enteada encontrasse alguém disposto a se casar com ela. Clarissa concordava que os óculos escondiam a beleza de seu rosto, mas se ela seguisse o conselho da madrasta e não os usasse, como iria enxergar? Já causara confusão suficiente para merecer um apelido infame nos círculos sociais, em função de seus problemas para enxergar. Todos os possíveis pretendentes pareciam sair correndo… Até que de repente apareceu um cavalheiro disposto a dançar com ela. Um homem elegante, atraente, misterioso… E Clarissa se vê a tropeçar… no amor!

Créditos da foto: Leia com a gente

Esse livro apareceu por acaso no meu Kobo… devo tê-lo baixado junto com algum outro livro sem perceber e foi uma sorte ! Sabe aquele livro pelo qual você não dá nada a primeira vista? É o caso desse… Com uma pinta de romance de banca, esse livro se revela uma grata surpresa. Poucas vezes li um livro tão engraçado, cheguei a lacrimejar de tanto rir! Além de ser divertido a história é uma trama de época, o que acaba tornando a leitura mais interessante ainda. Por ser um livro de pequena tiragem acredito que seja difícil encontrá-lo impresso, melhor baixar e ler no e-reader ou tablet. Vale a leitura!

Qual seu número? (Karin Bosnak)

Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher de 30 anos é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dessa média. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los. Será que um deles estará disposto a esquecer do passado e começar uma linda história de amor?

Esse livro é muito engraçado, Delilah diz e faz coisas inacreditáveis baseada em uma reportagem que ela lê em uma revista feminina. É de morrer de rir acompanhar a lógica maluca que ela cria para se enquadrar nos padrões estabelecidos pela tal pesquisa, o que, obviamente, só cria situações cada vez piores para ela. O livro teve uma adaptação cinematográfica, mas deixa um pouco a desejar se comparada ao livro.

Encontro às cegas: 227 dias para arrumar um namorado (Carolina Aguirre)

Lucia é uma mulher de 30 anos, com uns quilinhos a mais, que ganha pouco, mora sozinha e leva uma vida meio sem graça. Sua vida até então monótona (casa, trabalho, casa) muda radicalmente quando Irina, sua irmã mais nova – e perfeita – anuncia que irá se casar. Ela teria ficado superfeliz com a notícia, se não tivesse sido vítima de uma aposta entre sua própria mãe e irmã: convencida de que Lucía será uma solteirona, sua mãe diz que pagará toda a festa se ela aparecer no casamento acompanhada por um namorado de verdade. Morta de raiva, Lucía decide desafiar a “profecia materna”. Ela tem sete meses e meio para conseguir um namorado e está disposta a fazer qualquer coisa para isso: sair com colegas de trabalho, resgatar velhos amores, tentar encontros pela internet. Encontro às cegas é um diário de uma mulher sobre uma busca cheia de situações inacreditáveis, porém reais, emocionantes, cruéis e divertidas.

Créditos da foto: Leia com a gente

Não poderia terminar essa lista sem mencionar este livro. A trama, escrita por uma autora argentina, parte de uma premissa por si só engraçada – uma aposta. A trajetória da protagonista Lucia em sua “missão” de encontrar um namorado até o casamento da irmão mais nova, que ocorrerá em alguns meses, passa por situações surreais e muito divertidas. O livro toca em algumas questões mais delicadas, como a relação entre mãe e filha e a baixa autoestima, mas sempre de uma maneira sarcástica e engraçada, o que traz leveza à trama. Leia e ria bastante !

O que acharam das sugestões? Conte para nós nos comentários!

Até a próxima bibliófilos ! Continue lendo com a gente !