[RESENHA] Planeta Brutal (Raphael Miguel)

“O fenômeno que ficou conhecido como Primeiro Dia, obrigou os últimos representantes da raça humana a se adaptarem e repensarem o modo de vida, para que pudessem sobreviver diante de uma nova realidade. Diferente do que muitos acreditavam, não foi o fim dos tempos, mas o início de uma nova e perturbadora era. Uma época vil, feia, visceral e brutal.”

 

O apocalipse é um tema recorrente na literatura e no cinema. A ideia de que nosso mundo caminha para um inevitável fim está presente no nosso imaginário desde tempos muito remotos. Cataclismos cósmicos, mudanças climáticas severas, guerras nucleares e pandemias são alguns dos motivos que poderiam levar o planeta Terra a um colapso e consequentemente a raça humana a extinção. Planeta Brutal, do autor Raphael Miguel, tem como premissa o apocalipse. Mas a trama não está focada no fim do mundo ou em explicar os motivos que levaram a isso. Planeta Brutal fala do que acontece depois e de como o ser humano reagiria ao fim do nosso planeta como o conhecemos.

 

A trama se passa no Brasil e começa narrando um dia comum, com pessoas vivendo suas rotinas normalmente quando ocorre um evento catastrófico e de modo abrupto aniquila o planeta Terra e a maior parte da raça humana. A partir daí os sobreviventes precisarão aprender a viver num novo planeta, hostil e brutal. É possível sentir, através da narrativa de uma das personagens que presenciou o acontecimento, toda a perplexidade e angústia diante do que parecia ser o fim de tudo. É de arrepiar.Continue lendo

[RESENHA] Ácido & Doce (Raphael Miguel)

Até as mais lindas rosas têm espinhos. Lembre-se disso para não ter o coração ferido” (pag.5)

 

Até que ponto as experiências vividas na adolescência são capazes de influenciar nosso caráter na vida adulta? Será que um trauma ou uma grande desilusão podem deixar cicatrizes permanentes em nossa alma, a ponto de transformar sentimentos puros em ódio? Essa é a premissa de Ácido & Doce do autor Raphael Miguel. Uma trama envolvente e atual, que mistura mistério e romance com pitadas eróticas. Tudo na medida certa.Continue lendo

[RESENHA] O Livro do Destino (Raphael Miguel)

“Nós é que traçamos o próprio destino.”

 

Olá Bibliófilos!

 

Hoje quero falar de um livro que me chamou atenção desde que me deparei com uma foto dele em um post nas redes sociais. Falo de O Livro do Destino, o romance de estreia de Raphael Miguel, um novo autor que promete traçar um belo caminho no cenário da literatura nacional.

A trama nos conta a história do jovem Eric Dias, um rapaz de 17 anos que passa por um momento triste, pois seu avô – Regis Dias – acabou de morrer. Eric e Regis tinham uma relação especial, de companheirismo e amizade, por isso Eric sente muito a sua falta.

Regis era um homem simples e de poucas posses, mas após sua morte é aberto um testamento, no qual ele deixa um misterioso presente para o neto preferido: um livro com uma aparência muito antiga mas que contêm apenas páginas em branco.

“Existem mistérios que não podem ser revelados. Mistérios longe da limitada compreensão humana.”

Continue lendo

Leia com a gente © 2018 - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por Juliana Fonseca Webdesign & Ilustrações por: Gustavo Vicentini