Olá Bibliófilos,

 

Eu acompanho Once Upon a Time desde sua estreia e apesar dos altos e baixos é uma das minhas séries preferidas. Para quem não assiste, a trama gira em torno de vários personagens de contos de fadas que foram trazidos para o mundo real e tiveram suas memórias originais roubadas por uma maldição. Ao longo das 7 temporadas acompanhamos Branca de Neve, Príncipe Encantado, Rainha Má, Bela, Rumplestiltskin, Robin Hood, Capitão Gancho e praticamente todos os demais heróis e vilões que você já ouviu falar vivendo entre o mundo real e o dos contos de fadas.

 

Num primeiro momento pode parecer uma série bobinha, mas não é. Além de encantadora ela nos traz as lições morais que permeiam os contos de fadas originais, mas adaptados ao nosso tempo e sob outra ótica. São lições que nos levam a reflexão e servem para todas as idades. Separei algumas para compartilhar com vocês!Continue lendo

São tempos difíceis para as livrarias. Mal nos recuperamos do fim das lojas físicas da FNAC e do pedido de recuperação judicial da rede de livrarias Cultura chega mais uma notícia triste para os amantes das livrarias: a rede Saraiva anunciou o fechamento de 20 livrarias no país.

Nesta segunda-feira, 29, a rede Saraiva anunciou oficialmente que 20 de suas lojas físicas estão sendo fechadas. Dentre as unidades desativadas estão lojas em Londrina, Santos (Avenida Ana Costa), Campinas (Galeria Shopping), Alphaville, Tamboré, Granja Viana, Mogi das Cruzes e dos shoppings Anália Franco, West Plaza e Plaza Sul.

Em comunicado oficial, a Saraiva disse que  o fechamento de lojas faz parte de uma série de medidas voltadas a otimização do negócio e fortalecimento de suas operações de e-commerce. Restam ainda 84 livrarias físicas em funcionamento.

O mercado editorial brasileiro vem enfrentado uma crise sem precedentes e que acaba causando um impacto negativo também nas redes de livrarias. Aos leitores que não abrem mão da experiência de frequentar lojas físicas, folhear os livros e sentir a atmosfera que só uma livraria é capaz de oferecer resta a torcida para que essa maré ruim seja superada, afinal todo leitor ama uma livraria e é muito triste assistir suas portas sendo fechadas.

 

Livraria Saraiva fecha as portas em Santos (Foto: Pedro Carvalho)

 

Continue lendo

“A outra parte da livraria fica empilhada em cima e atrás de tudo isso, nas prateleiras com escadas altíssimas, e contém volumes, que, pelo menos segundo o Google, não existem. Pode confiar em mim. Eu procurei. Muitos têm aparência de antiguidades – com couro rachado, títulos folheados a ouro -, mas outros são recém-encadernados com capas novinhas. Então, não têm nada de antigos. Eles são apenas…especiais.”

 

A trama de A livraria 24 horas do Mr. Penumbra, de Robin Sloan, nos conta a história de Clay Jonnes, um web-designer que perde o emprego e após um período sem conseguir outra colocação em sua área, resolve sair pelas ruas de São Francisco a procura de qualquer vaga disponível. Após muita peregrinação ele se depara com um anúncio de “Procura-se Atendente” em uma livraria 24 horas. Clay é contratado e começa a trabalhar no turno da noite, mas ele logo percebe que aquela não é uma livraria comum: pouquíssimo movimento, clientes estranhos, regras que não podem ser quebradas, livros dos quais ele não deve se aproximar, e vários outros mistérios.Continue lendo

[RESENHA] Sorrisos Quebrados – Sofia Silva

“Eu acredito que sou um quadro abandonado por alguém que nunca desejou ser pintor. Alguém que me pegou quando eu era uma tela branca e, em vez de me pintar com a suavidade dos pincéis, me feriu com o lado pontiagudo. Perfurou vezes sem conta até eu ser um buraco grande em vez de uma obra de arte.”

 

A cena que abre o livro Sorrisos Quebrados já é um soco no estômago. Logo de cara o leitor é colocado frente a frente com uma mulher em desespero. Paola descreve o momento que acredita ser o da sua morte. O sentimento de agonia, impotência e finalmente a entrega ao inevitável fim. Paola não morre, mas naquela noite seu corpo e sua alma foram marcados para sempre. Paola está quebrada.

Uma sensação de agridoce me acompanhou por toda a leitura de Sorrisos Quebrados, da portuguesa Sofia Silva, pois  é um livro que causa impacto e ternura ao mesmo tempo. A escrita da autora é cativante e poética, tanto que a cada página lida tinha que marcar uma citação, pois suas frases são incríveis. Frases curtas que querem dizer muito.Continue lendo

Olá bibliófilos!

Hoje quero falar sobre um assunto um pouco diferente, mas que não deixa de ter relação com o universo de blogs literários, principalmente aqueles que tem também redes sociais como Instagram e Facebook. Precisamos falar sobre direitos autorais de fotos.

Quem tem um blog, principalmente literário, costuma produzir suas próprias fotos para ilustrar posts, postar no Instagram ou Facebook. São fotos super caprichadas onde soltamos a criatividade e o resultado são verdadeiras obras de arte! Quem produz fotos autorais sabe o trabalho que dá produzi-las: demanda tempo, trabalho, criatividade e objetos para compor os cenários. Muitas vezes requer até um certo investimento financeiro na compra de objetos, elementos cenográficos e equipamentos de iluminação.

Agora uma pausa para reflexão: o que você sentiria se uma das suas fotos, produzidas com todo o carinho para o público do seu blog e redes sociais, aparecesse postada nas redes sociais de outro blog como se fosse obra de outra pessoa? Sem que te dessem ao menos os créditos? Pois é, é triste, mas acontece e muito na blogosfera.Continue lendo

Leia com a gente © 2018 - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por Juliana Fonseca Webdesign & Ilustrações por: Gustavo Vicentini